domingo, 3 de fevereiro de 2013

CURIOSIDADES BEM INTERESSANTES


É possível queimar calorias comendo toranjas?

Apesar de alguns estudos comprovarem que a ingestão de toranjas tenha feito com que se perdesse até 1 quilo em doze semanas, existem sempre outros hábitos alimentares que fazem com que essa perda seja em vão. Infelizmente, não existe nenhum alimento que faça com que se perca gordura corporal. Uma boa opção é encontrar alimentos com menos teor calórico para substituir outros que tenham mais calorias.


Comer peru faz sono?

Apesar do peru ter um aminoácido que o cérebro usa no processo do sono, o triptofano, este não existe em quantidades suficientes para que se comprove este mito. O que muitas vezes acontece é que nas grandes refeições a digestão faz com que a oxigenação do cérebro seja afectada, fazendo com que nos sintamos com mais sono.


Comer à noite faz engordar?

O momento em que se ingere alimentos não afecta o facto de emagrecer ou engordar, já que o princípio básico de engordar é se consumirmos mais calorias que aquelas que necessitamos diariamente. Como curiosidade, é mais prejudicial saltar refeições ou não tomar o pequeno almoço do que fazer uma refeição normal no período nocturno.


Deve beber 8 copos de água todos os dias?

Muita da água que necessitamos, encontra-se nos alimentos que ingerimos. A fruta, os legumes e a sopa, por exemplo, têm grandes quantidades de água, que são contabilizadas para os 2 litros de água que os médicos recomendam que tomemos diariamente. É preciso ter algum cuidado com a quantidade de água que toma todos os dias, já que, tal como em todas as coisas, ingerir água em excesso poderá ser prejudicial!





O café faz desidratar?

Todos sabemos das propriedades diuréticas da cafeína, no entanto este não tem qualquer efeito na concentração do sangue ou da urina, não sendo, portanto, algo que nos faça desidratar.


É possível os dentes ficarem limpos com pastilha elástica?

Alguns anúncios de pastilhas fazem-nos acreditar que podemos limpar e fazer uma higiene aos dentes com pastilhas elásticas, o que não é de todo verdade. Um estudo analisou a placa bacteriana de vários indivíduos e concluiu que a pastilha elástica era pouco eficaz a remover a placa bacteriana, apesar da sensação de limpeza e frescura que estas possam deixar na boca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário