sábado, 19 de janeiro de 2013

"Luiza Brunet é insubstituível", diz Cris Vianna, nova rainha da Imperatriz



Cris Vianna, 35, terá, no próximo Carnaval, o desafio de assumir o posto que já foi por 17 anos de Luiza Brunet e reinar à frente da bateria da tradicional Imperatriz Leopoldinense, escola de samba carioca fundada no bairro de Ramos. No ar em "Salve Jorge", da TV Globo, Vianna tenta conciliar a rotina de gravação com os deveres de rainha e foi apresentada em público no ensaio técnico da verde e branco, no último sábado (12), no Sambódromo.

"A Luiza Brunet é insubstituível, é muita responsabilidade", disse Cris Vianna ao UOL, antes de desfilar ao lado da bateria. A paulistana comentou que em nenhum momento tinha a pretensão de substituir a "grande musa da passarela do samba".

"É muito difícil colocar alguém no lugar da Luiza Brunet, mas a Cris é uma estrela, tem samba no pé, além de ser linda e maravilhosa", opinou o cantor Elymar Santos, amigo da ex-modelo e quem ajudou no retorno de Brunet no Carnaval de 2011.

Elymar, que desfila há 27 anos na agremiação de Ramos - "praticamente no quintal de casa" - já viu muitas rainhas de bateria e inclusive o reinado de Luiza Brunet. Para ele, a missão era encontrar uma que estivesse à altura da modelo. "Luiza é um mito da Sapucaí, é a rainha das rainhas"

Cris Vianna já conquistou o carinho da comunidade, diz Elymar. "Espero que venha para ficar. Ela vai dar um show na avenida. A Cris está à altura não só da Imperatriz, mas do Carnaval. Ela prima pela humildade, não adianta ter só beleza", comentou.

A escola será a quinta escola a desfilar na segunda-feira, dia 11 de fevereiro, com o enredo "Pará - O Muiraquitã do Brasil"
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário